Avaliação do Programa  

Desde a criação do programa Amigos do Zippy, várias avaliações profissionais foram feitas com o objetivo de analisar seu impacto no comportamento das crianças. A primeira avaliação aconteceu na Dinamarca e a segunda simultaneamente na
Dinamarca e Lituânia.
 
Os resultados das avaliações mostraram que houve sucesso em ambos países e que as crianças mostraram sinais nítidos de melhoria nas habilidades de coping (lidar com situações difíceis). Esses resultados impulsionaram para que o Programa fosse expandido a outros países.   

Aqui no Brasil, o Programa foi aplicado pela primeira vez em 2004, em escala piloto (veja detalhes em Participantes). Todas as crianças foram entrevistadas em março, antes do início do programa, sendo que pais e professores também responderam questionários sobre seus comportamentos em casa, na escola e com os amigos.

Ao final do programa, as crianças foram avaliadas da mesma forma, respondendo às mesmas questões. Professores e pais também opinaram novamente e todos os dados e depoimentos espontâneos formaram a base para a avaliação. 

A Dra. Maria Julia Kovacs do Instituto de Psicologia da USP - Universidade de São Paulo analisou todo o material e emitiu um laudo bastante positivo.

   

 

 

 

 

Na página "Acontece" de dezembro de 2004, constam testemunhos de pais e professores a respeito das mudanças positivas que observaram nas crianças. Dentre elas, as mais citadas são amadurecimento emocional, mais solidariedade, aumento de auto-controle e auto-estima, melhoria de comunicação e desenvolvimento de habilidades de lidar com
conflitos, mudanças e perdas.